/

/ Autores

Agustín Graham Nakamura

Agustín Graham Nakamura é autor e ilustrador argentino-japonês e mora atualmente na cidade de São Paulo. Estudou direção de animação no Japão e trabalha há 20 anos como artista freelancer para agências de publicidade, estúdios de vídeo game e produtoras de cinema. Publicou quadrinhos nos Estados Unidos, Espanha, México, Brasil e Argentina, entre eles Monogatari, Infinity Betrayal, Terra Australis, Zero Point e Wonderland.

Alejandro Farias

Alejandro Farias nasceu em Bahía Blanca, em 1978. Atualmente vive em Buenos Aires. É Licenciado em Letras pela UBA e autor do livro infantil El pizarrón Mágico (Riderchail, 2014, com desenhos de Mariano Epelbaum). Escreveu os romances Frío (Llanto de mudo, 2008) e La edad del sueño (Perro, 2002) e o livro de poemas Cuando digo (Editorial Imaginante, 2007). Nos quadrinhos, coordena e escreve a coleção Teatro en viñetas, que conta com o apoio do Instituto Nacional de Teatro. O primeiro volume (com Venecia, de Jorge Accame e Yepeto, de Tito Cossa) recebeu o Prêmio Banda Dibujada a melhor adaptação 2012, além de ser um dos dez livros destacados pelo Prêmio Teatro del Mundo 2013. Trabalhou na graphic novel ¿Qué he ganado con quererte? sobre a vida de Felisberto Hernández, projeto ganhador dos Fundos Concursáveis para a Cultura do Uruguai (MEC). Gerencia a seção de quadrinhos (Bang Bang) da revista No-Retornable e, junto com Marcos Vergara, a editoria Loco Rabia.

Alexandre Boide

Biografia indisponível

Aminder Dhaliwal

Aminder Dhaliwal é cartunista e animadora canadense. Nativa de Brampton, Ontário, possui bacharelado em animação pelo Sheridan College. Aminder já trabalhou na direção, storyboard e roteiro em programas da Disney TV Animation, Cartoon Network e Nickelodeon. Recentemente trabalhou na direção e storyboard de alguns episódios de A Casa da Coruja (The Owl House), uma animação atualmente em exibição no Disney Channel. Woman World, sua obra mais conhecida, foi lançada originalmente em webcomic e posteriormente ganhou uma versão em graphic novel que será lançada em breve pela Conrad Editora.

Aureliano Medeiros

Aureliano Medeiros é quadrinista, ilustrador e tagarela, com formação em jornalismo e experiência em editoração. Faz quadrinhos autobiográficos sobre cotidiano e saúde mental. Escreveu e ilustrou o romance Madame Xanadu (a nova edição pela Editora Nacional) e os zines de quadrinhos Elevador, Sobrepeso, Conexão e Até Mais Ver, além de desenvolver capas e ilustrações para diferentes publicações. Seus quadrinhos autobiográficos — Aureliano retrata a si sempre nu — são seguidos por mais de 220 mil pessoas no Facebook e 50 mil no Instagram. Jornalista, atuou como editor da editora Tribo.

Bianca Pinheiro

"Bianca Pinheiro é quadrinista desde 2014. Mora em Curitiba, cidade do frio. Lá, pode ser encontrada em seu estado natural: coberta de roupas até a raiz dos cabelos (ela não gosta muito de frio). Gosta de gatos, sorvete, pipoca e de dormir. Descobriu recentemente que sua habilidade de encostar a sola do pé na bochecha não é comum, mas ainda não encontrou nenhuma utilidade para o superpoder."

Bill Watterson

Bill Watterson é o criador das histórias de Calvin & Haroldo, um garoto de seis anos e seu melhor amigo, um tigre de pelúcia chamado Haroldo, e desenhou as tiras da dupla diariamente de 1985 a 1996. Ele não dá entrevistas e raramente posa para fotos, e seu endereço e telefone são bem guardados. Watterson disse uma vez que é impossível continuar mantendo indefinidamente seu altíssimo padrão de qualidade num trabalho para publicação diária, afinal não tem equipe e sempre trabalhou só. Também nunca aceitou vender os direitos da história para camisetas, bonecos e desenhos de TV.

Brendda Maria

Brendda Maria é ilustradora cearense, vive em Fortaleza e produz quadrinhos em parceria com o coletivo Netuno Press. Em suas histórias sempre procura representar o cotidiano de mulheres comuns, além de abordar temas como depressão, ansiedade, e outras questões que abalam o psicológico da nossa geração, de maneira leve. Como colorista, já colaborou com Mayara e Annabelle (Ed. Fictícia), Pombos (Netuno Press) e Haole (Pagu).

Camila Abdanur

Camila Abdanur é ilustradora e quadrinista mineira. A temática queer está muito presente em seu trabalho, complementada por seu estilo fofo e divertido. Quando não está rabiscando em qualquer superfície disponível, você pode encontrá-la tagarelando no twitter ou tentando receber afeto do seu gato preto mimado.

Camilo Solano

Camilo Solano é quadrinista e autor de Cascão – Temporal, Graphic MSP solo do personagem da Mauricio de Sousa Produções que foi lançada em março de 2020. Publicou Semilunar, obra finalista do Prêmio Jabuti 2018 na categoria História em Quadrinhos que saiu pela Balão Editorial. Também é autor de Desengano, cujo prefácio foi feito por Robert Crumb, o pai do quadrinho underground. Lançou também as obras Solzinho, Captar, Re-Exista, Badida e O Fio do Vento que saiu em 2019 pela Editora Veneta.

Charles Forsman

Charles Forsman é cartunista e formado pela Center for Cartoon Studies, em 2008. Em seus trabalhos, apresenta de maneira impressionante uma visão do mundo dos adolescentes pouco explorada - o tédio. Com histórias poderosas e intensas, por vezes até mesmo violentas, Charles é um dos quadrinistas de mais prestígio da nova geração de autores norte-americanos. Além de The End of the Fucking World, que você confere agora pela Editora Conrad, ele também é autor de I Am Not Okay With This, publicado pela editora Skript, ambos quadrinhos que se tornaram grandes sucessos da Netflix. Com um estilo que vai do mais simples desenho, com temas profundos, ele propaga e encanta o público com o estilo underground comix.

Claudio Alvarez

Claudio Alvarez trabalha como editor e escritor em jornais, programas de TV, webshows e podcasts. Em 2012, fundou a editora independente Acción Comics e começou a escrever quadrinhos. Entre seus trabalhos autorais destacam-se as sagas El Gran Guarén, El Ejército de Dios e O Último Detetive. É cofundador da agência ArtistGO! e integrante da ChileComics, associação de editores de quadrinhos do Chile.

Cristoph Goffette

Biografia indisponível

Daiandreson Victor

Daiandreson Victor nasceu em Petrolina-PE, onde escreve e desenha quadrinhos atualmente. Licenciado em Artes Visuais, trabalha como ilustrador e quadrinista desde 2016. Participou do Concurso Internacional Silent Manga Audition. Em 2018, de forma independente e por meio do Catarse, publicou sua primeira HQ impressa: Sangue e Coragem. Produz a série de tiras Afroboy no Instagram desde fevereiro de 2020. Atualmente desenha para uma série do selo Bruttal do Omelete.

Daniel Bretas

Daniel Bretas nasceu em 1991 na cidade de Belo Horizonte (MG), formado em Cinema e Audiovisual pelo Centro Universitário UNA. Atualmente leciona desenho acadêmico no Estúdio Black Ink, além de trabalhar diretamente nos mercados de ilustração, design, quadrinhos, animação e audiovisual. Bretas foi vencedor do concurso nacional Brazil Mangá Awards (BMA) em 2015 e além de publicar zines e quadrinhos de maneira independente, trabalha também com publicações pela Editora Draco. Sempre busca apresentar em seus trabalhos uma versão inconstante da verdade e uma realidade fora do plano material.

Danilo Deninotti

Biografia indisponível

Dieferson Trindade

Dieferson Trindade nasceu em Porto Alegre e é ilustrador freelancer, mas sua paixão mesmo é desenhar, escrever quadrinhos e contar histórias. Já publicou várias obras por financiamento coletivo e suas histórias transitam por temas familiares e sensíveis.

Diego de Kerchove

Biografia indisponível

Eduardo Medeiros

Eduardo Medeiros é autor de histórias em quadrinhos desde 2007, além de trabalhar como ilustrador de livros, revistas e jornais. Já publicou Mondo Urbano (onipress/Devir/Mino), A história mais triste do mundo (Stoutclub), Strange Tales (Marvel), Sopa de Salsicha (Cia das letras), Open Bar (Panini), Gothan Academy (DCcomics), FunnyCreek (Comixology originals/ Pipoca e Nanquim) e Joker 80th (DCcomics/ roteiro). Eduardo é membro da produtora de histórias em quadrinhos StoutClub.

Eliana Oda

"Desde meados dos anos 90, Eliana Oda se interessou por desenho – em particular por mangás – e naturalmente assimilou o estilo como sua expressão artística pessoal. Trabalhou como ilustradora em editora de material didático para o ensino fundamental e médio, passou por estúdios brasileiros de games como concept e technical artist, foi ilustradora freelancer e atualmente é designer gráfico em uma agência de publicidade. ECHOES é seu primeiro quadrinho autoral."

Flavio Colin

Flavio Colin começou a atuar em quadrinhos na década de 1950 e já teve seus trabalhos publicados na Bélgica, na Itália, na Espanha e em Portugal. Foi três vezes ganhador do prêmio HQMix e duas vezes agraciado com o Angelo Agostini.

Francisco Ortega

Francisco Ortega (1974) é jornalista, apesar de não exercer a profissão. Também é professor, editor, roteirista e escritor de contos, romances – para adultos e crianças – e quadrinhos. Já publicou Logia e Max Undermales, abogado sobrenatural. Em seu tempo livre (que é pouco) constrói aviões e naves de Star Wars em escala.

Gabriela Güllich

Gabriela Güllich é formada em Jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba. Atua como jornalista, quadrinista e os dois ao mesmo tempo. Publica a coluna Entre Quadros, projeto de entrevistas ilustradas no site Mina de HQ. É autora de São Francisco, vencedor do Troféu HQMix 2020 em parceria com João Velozo. Já trabalhou com veículos como SOLRAD Mag, VICE Brasil, Deutsche Welle, Revista Barril, Lição de Casa e Revista Badaró. Participou do Projeto IMS Convida (Instituto Moreira Salles) e das coletâneas Café Espacial #17, Pé-de-Cabra 2 e Revista Mina de HQ. Seus títulos também incluem: Jogo de Sombras, Quatro Cantos de Um Todo (Sesc PB) e Filhas do Campo: um retrato em quadrinhos de agricultoras assentadas na Paraíba.

Geraldo Borges

Geraldo Borges é natural de Fortaleza e atua no mercado internacional de quadrinhos desde 2007. Tem trabalhado para algumas das mais importantes editoras americanas como DC Comics, Marvel, Dark Horse, Heavy Metal e Dynamite. É sócio da ArtistGO!, agência que representa artistas a partir do Chile. Também é sócio de Quadriños, escola de desenho e HQs em Santiago, no Chile. É co-criador de "O Último Detetive"

Gonzalo Martínez

Gonzalo Martínez (1961) é arquiteto formado na Universidade do Chile e tem um passado obscuro como trompetista de jazz. Desde 2004 tem se dedicado exclusivamente à criação de histórias em quadrinhos, que tem sido sua paixão ao longo de sua vida. Seus livros foram publicados no Chile, Argentina, Colômbia, México, Estados Unidos, Nova Zelândia e, agora, no Brasil. Já publicou Road Story e as HQs Quique Hache Detective.

Gustavo Lambreta

Gustavo Lambreta é formado em design gráfico pela Mackenzie e trabalha com arte desde 2000. Já trabalhou em agências de publicidade, freelancer e também como professor em escolas técnicas. Em 2015, com outros autores, fundou o Coletivo Escape HQ e publicou cinco edições as quais foi editor-chefe das quatro primeiras. Em 2017 participou da coletânea Marcatti 40 que ganhou o HQ Mix de 2018.

Howard Cruse

A carreira de Howard Cruse como um cartunista underground foi lançada durante os anos 1970 e, em 1980, ele foi o editor fundador da inovadora série Gay Comix. Sua história em quadrinhos Wendel foi serializada no The Advocate durante grande parte da década de 1980. Stuck Rubber Baby: Quando Viemos ao Mundo é seu trabalho mais conhecido e foi vencedor do prêmios Eisner e Harvey nos Estados Unidos e (na tradução) o prêmio Comics Critics na Espanha, prêmio Luchs na Alemanha e um Prix de la critique no Festival Internacional de Quadrinhos em Angoulême, França.

Isabor Quintiere

Isabor Quintiere nasceu em 1994 na Paraíba, onde mora até hoje. É graduada e mestre em Letras pela Universidade Federal da Paraíba e autora do livro de contos A cor humana (2018). Recebeu em 2019 o Prêmio Odisseia de Literatura Fantástica por seu conto de terror Madres. Fã de Junji Ito e de narrativas literárias que causam desconforto, Jogo de Sombras (2021) é sua primeira aventura nos quadrinhos como roteirista.

Javi Fernandez

Biografia indisponível

Jayson Santos

"Jayson Santos é ilustrador freelancer e faz quadrinhos desde que se entende por gente. Formado em design gráfico e apaixonado em contar histórias, já publicou mais de dez obras em seu site, e também possui um canal no YouTube no qual ensina como fazer quadrinhos. Atualmente publica em seu site a webcomic Hooligan. Em uma pausa no quadrinho em 2016, começou a rabiscar as primeiras ideias do que se tornou o universo fantástico de Makai, palco de seu quadrinho Makai Mail – O Serviço de Entregas Infernal."

Johanne Hildebrandt

Johanne Hildebrandt é uma jornalista e escritora sueca. Foi correspondente de guerra por mais de dez anos, cobrindo a Guerra Civil Iugoslava e do Afeganistão. Em 2001 publicou o livro Blackout relatando suas experiências nos Bálcãs, rendendo-lhe um dos prêmios mais importantes do jornalismo sueco, e entre 2002 e 2004 lançou a Saga de Valhala, sua série de livros mais famosa. Deixou de ser correspondente de guerra em 2010 para se concentrar em escrever seus livros e em colunas de jornal, e foi a primeira mulher a entrar na Academia Real Sueca de Ciência da Guerra em 2012.

Jorge Zugliani (Jozz)

Jorge Zugliani assina seus trabalhos como Jozz. Nasceu em Jaú, interior de São Paulo, em 1983. É ilustrador, autor de quadrinhos, designer editorial, professor e pesquisador universitário. Cursou desenho e ilustração na Quanta Academia de Artes (2004 - 2005), graduou-se em Design Gráfico pela Universidade Mackenzie (2006), pós-graduação em Design Editorial pela Universidade SENAC (2012), mestrado em Design pela Unesp Bauru (2020) e agora doutorando em Design pela mesma instituição. Em 2008, ganhou o Troféu HQMIX na categoria Desenhista Revelação. Em animação, integrou a equipe de Alê Abreu durante os filmes “O Garoto Cósmico”, “Passo”, “O Menino e o Mundo”. Além de outros trabalhos como “Divino De Repente”, de Fábio Yamagi; “Pintas”, de Marcus Vasconcelos e “Torre”, de Nádia Mangolini. Seu mais recente trabalho é A Cidade Submersa (Atelier Garabato, 2020).

Ju Loyola

"Ju Loyola é natural de São Paulo, SP. Quadrinhista e ilustradora/designer freelancer. Formada em Design Gráfico pela Escola Panamericana de Arte e Design. Já trabalhou como cleanup/intervalações de animação para a produção do filme “Fúria & Amor”. Atualmente desenha histórias em quadrinhos com narrativa visual sem falas (história muda), como “The Witch Who Loved”, “Perdida na Floresta” e histórias curtas."

Keiji Nakazawa

Keiji Nakazawa foi um mangaká japonês sobrevivente da bomba de Hiroshima em 1945. Aos seis anos de idade, perdeu a família, exceto a mãe, no incêndio provocado pelo primeiro ataque com a bomba atômica. Em 1961 mudou-se para Tóquio e começou a trabalhar como quadrinista em publicações como Shonen Gaho e Shonen King. Após a morte da mãe em 1966, Nakazawa passou a realizar histórias autobiográficas, inspirado em suas lembranças da infância e juventude. Entre esses trabalhos, destaca-se Gen Pés Descalços. Sua obra-prima foi traduzida para mais de dez idiomas, e recebeu também uma versão animada e liveaction. Embora tenha ficado famoso pelos retratos de guerra pacifistas, o artista realizou histórias nos mais diversos gêneros. Nakazawa anunciou sua aposentadoria em 2009 quando teve os primeiros sinais de diabetes e catarata. Faleceu em 2012, vítima de câncer de pulmão.

Kun-woong Park

Nascido em Seul, na Coreia do Sul em 1972. Kun-woong Park adorava desenhar desde criança e se formou em pintura na faculdade. É interessado em histórias contemporâneas ocultas da Coreia e transmite-as na forma de quadrinhos. Todas as suas obras são explicitamente políticas e profundamente enraizadas na história de seu país, e a maior parte delas é em preto e branco, com um traço que lembra carvão, tornando seu trabalho bastante único. Entre suas obras mais famosas estão Flor, História de Hong e Tempo animal. É considerado um dos maiores quadrinistas da Coreia do Sul, já ganhou diversos prêmios e teve muitas de suas obras publicadas no exterior, especialmente na França.

Marilia Marz

Marília Marz é formada em arquitetura e trabalha com expografia e design gráfico. É também ilustradora e quadrinista independente, com um particular interesse por trabalhos e narrativas que apresentem e discutam o protagonismo negro e tratem da relação entre indivíduo e cidade. Começou a desenhar desde criança, mas fez seus primeiros zines e esboços de HQ em 2016, quando cursou algumas aulas teóricas e práticas de histórias em quadrinhos. Em 2017 realizou seu primeiro quadrinho longo, que foi também seu TCC em arquitetura, a história com o título de Indivisível, uma narrativa sobre a cultura negra e leste-asiática no bairro da Liberdade, em São Paulo, publicando depois em forma digital pela Conrad Editora em 2020.

Miguelanxo Prado

Escritor e desenhista, Miguelanxo Prado nasceu na Espanha, em 1958. Estudou arquitetura e antes de se voltar aos quadrinhos, dedicou-se à pintura e à escrita. Revelação das HQs espanholas em 1988 com o seu primeiro álbum Mundo Cão, já lançado no Brasil, a sua carreira tem sido recheada de sucessos como Traço de Giz, que recebeu o prêmio dos livreiros BD 93, o Alph-art do melhor álbum estrangeiro de Angoulême e o prêmio especial do Festival de Sierre em 1994. Outros títulos famosos são uma adaptação de "Pedro e o Lobo" em quadrinhos, Fragmentos da Enciclopédia Délfica, Stratos, Crónicas Incongruentes e Quotidiano Delirante e Tangências, entre tantos outros.

Moisés Hidalgo

Moisés Hidalgo é ilustrador e quadrinista chileno da BOOM! Studio. Influenciado por mangás e comics americanos, estudou no Instituto Profissional de Arte e Comunicação Arcos de Santiago e tem desenhado desde então. Já publicou os quadrinhos Might Morphin Power Rangers, Buffy Vampire Slayer e Dark Blood.

Pablo Casado

Pablo Casado é roteirista, coautor da graphic novel Sabor Brasilis, contemplada pelo ProAC e publicada pela Zarabatana Books, que aborda os bastidores de uma novela do horário nobre. Participa do coletivo Fictícia e reside em Maceió, Alagoas, com Antunes, Dandara e Jakita, seus gatos.

Patrick Eudeline

Biografia indisponível

Paulo Moreira

Paulo Moreira, ilustrador e quadrinista paraibano, entrou no mundo dos quadrinhos em 2016 fazendo tirinhas de humor pra internet, em 2017 lançou sua primeira HQ, Operação Dragão Negro, e desde então não parou mais. Já tem publicado quatro quadrinhos independentes e tem lançado várias tirinhas pelas redes do Twitter e Instagram.

Pedro Ivo

Pedro Ivo é escritor, roteirista e desenhista. É autor do livro “O Cidadão Incomum” lançado pela Conrad Editora em 2016, da continuação em quadrinhos “Cidadão Incomum – A Ponta do Iceberg”, publicado pela Guará, no qual assina a arte e o roteiro. Produz conteúdo sobre o impacto da a cultura dos super-heróis na filosofia, história e comportamento brasileiros. Também trabalha na criação de conteúdo para marcas e empresas, aliando storytelling e quadrinhos, além de apresentar seu próprio canal no Youtube, onde fala sobre a filosofia por trás das obras do universo Geek.

Pedro Tralkan

Pedro Tralkan é ilustrador, designer gráfico e desenvolvedor de sites. Motivado para encontrar novas formas de expressão visual, decidiu diversificar seu espectro criativo e iniciou em 2010 um processo pesquisa e aprendizagem na área da ilustração digital e de histórias em quadrinhos.

Rafael Moralez

Biografia indisponível

Regiane Braz

Regiane Braz se interessou por quadrinhos desde a infância e seu amor pela arte só cresceu, e com isso, encontrou seu caminho na educação infantil, área que atua há vinte anos, sendo bem mais que uma educadora, ensinando os pequenos através do canto, escrita, desenhos e outros métodos. Recentemente, participou do “Dossiê Bizarro”, um álbum publicado pela Escript Editora. Conheceu Marília Marz por um financiamento coletivo focado em contar por meio dos quadrinhos as experiências e histórias com o racismo, e assim nasceu o roteiro de “Em ti me vejo”, projeto abraçado por Marília e que agora é parte do catálogo da Conrad.

Ricardo Tokumoto (Ryot)

Ricardo Tokumoto, ou Ryot, nasceu na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Mudou-se pra Belo Horizonte em 2006 e cursou a faculdade de Belas Artes na UFMG, com bacharelado em Cinema de Animação. É responsável pelo site ryotiras.com, além de fazer quadrinhos pra revista MAD e outras publicações esporádicas. Faz parte do coletivo Pandemônio e também trabalha como ilustrador em vários setores, principalmente na área de livros infantis. Em 2015 foi vencedor do concurso nacional Brazil Mangá Awards (BMA) com a obra Starmind e em 2016 ganhou o Troféu HQ Mix de melhor webquadrinhos com Ryot IRAS.

Rodrigo Bueno

Biografia indisponível

Ryan Andrews

é um ilustrador e cartunista que vive na região rural do Japão. Ele trabalha em sua mesa de desenho nas primeiras horas do dia, desenhando quadrinhos, ilustrando capas de livros e desenhando paisagens para desenhos animados, tudo ao som de javalis e texugos que vêm da floresta remexendo os arredores, procurando por cogumelos e castanhas. Além de Este era o nosso pacto, Andrews já publicou várias histórias curtas, como Sarah and the Seed e Our Bloodstained Roof (Sarah e a Semente e Nosso Telhado Manchado de Sangue), também indicadas ao Eisner.

Shun Izumi

"Shun Izumi é quadrinista, ilustrador, animador e artista plástico. Autor das HQs Guga e Léo em busca da poção fantástica e O Colhedor de Raios, participou também do grupo independente O Miolo Frito. Faz ilustrações e animações editoriais e de publicidade através do seu estúdio e ateliê Casa Locomotiva."

Talles Rodrigues

Talles Rodrigues é cearense, fortalezense e virginiano. Ilustrador, quadrinista etc. Formado em Jornalismo pela UFC, já produziu as obras Cortabundas - o maníaco do José Walter, O Clube dos Monstros dos Bairros Distantes, 7 hábitos dos assassinos altamente eficazes, o webcomic Barafunda e a série Mayara & Annabelle. Participa dos coletivos Fictícia e Netuno Press.

Tom Scioli

Tom Scioli é um artista contemporâneo de quadrinhos que ganhou destaque como co-criador de Godland, uma ópera espacial ao estilo Kirby e indicada ao Prêmio Eisner, pela Image Comics. Em seguida, ele desenhou e co-escreveu (com o editor-chefe da IDW, John Barber) Transformers vs. GI Joe. Recentemente, escreveu e desenhou Super Powers, uma série de quadrinhos que apareceu no selo experimental da DC Young Animal. Ele faz parte de um pequeno número de quadrinistas modernos que escreve, desenha, pinta e faz a mão seu trabalho.

Toni Bruno

Biografia indisponível

Vitor Cafaggi

Vitor Cafaggi é um dos quadrinistas mais conhecido hoje no Brasil. Sua primeira publicação independente,Duo.tone, e a coletânea de tiras Valente para sempre, renderam ao autor o Troféu HQ Mix de 2012 na categoria Novo Talento. Em 2013, em parceria com a irmã, Lu Cafaggi, foi convidado a fazer o álbum Turma da Mônica – Laços, segundo volume da série Graphic MSP, que fez tanto sucesso que ganhou duas continuações e ainda foi adaptado para o cinema com atores reais.

Wellington Srbek

Wellington Srbek é graduado em História, mestre e doutor em Educação pela UFMG. Pesquisador, editor e autor de HQs premiado nacionalmente, além de escritor em verso e prosa.

/ Capítulos

Página 1 de 13. Total de 200 itens encontrados.
d

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar nosso site, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Política de cookies e privacidade

ACEITAR